sexta-feira, 11 de julho de 2008

A 9 também joguei...

Como já tinha escrito no post anterior também jogámos no dia 9!


Contava com 6 jogadores e no final só apareceram 4! Mas foi interessante na mesma. Comecei por propor Ubongo BMM (versão travel). Com duas frases se explicam as regras e lá começámos nós a gritar U(M)BONGO! a torto e a direito! Todos gostaram do jogo que não é mais nem menos do que um divertido filler ou time-killer se assim o quisermos baptizar. Para a história fica a minha vitória e o divertido desespero de todos enquanto ouviam o primeiro a contar... 30... 31... 32... 33... 34... 35!


Depois de Ubongo optámos pelo meu coup de coeur - Notre Dame. Mal sabíamos o que estava reservado para nós!


Logo no início expliquei as regras à Filipa, que nunca tinha jogado, e pouco depois demos inicio ao jogo. A partida decorreu dentro da normalidade sem grandes precalços, com todos a preocuparem-se em controlar os ratos e o Gonçalo a seguir uma estratégia vincadamente voltada para os pontos logo desde o início.

O Jorge apostou nos dois cubos no parque para ter 1 ponto extra e eu fui fazendo o meu joguinho habitual, preocupando-me em garantir algum dinheiro, cubos e mantendo os ratos debaixo de olho. A Filipa estava a jogar pela primeira vez e andou meia perdida com tantas opções que o jogo dá; o normal. Aliás para iniciante até esteve muito bem! Parabéns Filipa!

Notre Dame foi sempre visitada nas três rondas e os ratos parece que eram sempre muitos!

Sem grandes pormenores pois já lá vão uns dias, o jogo acabou com um empate entre mim e o Gonçalo a 54 pontos! Igualdade também no dinheiro - (zero) para cada um! Desempate só no número de cubos. Eu apenas tinha deixado um na reserva enquanto o Gonçalo tinha 4. Espectacular! Em terceiro ficou o Jorge, que no final se viu aflito com a ratagem enquanto a Filipa acabou no último lugar mas a fazer um figurão dada a sua inexperiência com o jogo!

Depois de luta épica escolhemos Saint Petersburg. Já à algum tempo que não saía da caixa! Revimos alguns aspectos das regras entretanto esquecidos e começámos!Confesso que quando vi o Jorge a comprar o Observatório pensei que estaria entregue, mas não, o jogo teve incidências muito curiosas, desde logo porque a Filipa jogou muito bem ao apostar cedo numa carta azul com 5 pontos, depois porque também o Gonçalo foi fazendo um jogo muito calculista em termos de pontos, apostando em várias azuis e não tanto em nobres!

O Jorge foi consumido pelo desejo abasalador de ter verdes e consequentemente muito dinheiro, o que realmente aconteceu, no entanto, com um timing errado, acabou por deixar fugir a vantagem da sua riqueza, iniciando o investimento nos edifícios muito tarde. Eu apanhei uma valente lição, nunca ficar na mão com um edifico que custe 14 ou mais rublos! :) Passei imenso tempo (2 ou 3 rondadas) com o edifício de 14 rublos na mão, aumentando-lhe o seu custo pelo desaproveitamento do seu valor real!

Obviamente que outros factores terão influenciado a minha prestação menos conseguida, mesmo assim, optando, já no final, em ter vários nobres diferentes, consegui acabar à frente do Jorge, que estava inconsolável com a sua própria estratégia; enquanto o Gonçalo ficava na primeira posição bem distanciado de mim e nem tanto da Filipa que acabou no segundo posto! Excelente para quem jogou pela primeira vez!

E assim foi a nossa noite de jogos. Fiquem bem e até à próxima...

4 comentários:

Jorge Teixeira disse...

Eta noite bem passada!
Estreia oficial d'Ubongo, o bom sabor da selva... E duas partidinhas bem divertidas de 2 clássicos que já mereciam uma nova oportunidade...
Parabéns Carlos mais uma vez pela resenha e venham mais noites de jogo assim...

Jorge

Carlos Abrunhosa disse...

Sempre às ordens! hehe

Alpendre disse...

Carlos,

Você conhece a expansão do Saint Petersburg ?

Parece que vão relançá-la.

Carlos Abrunhosa disse...

Sim, estou ansioso por ela! Sai em breve tavez Setembro!?